Aprenda a usar o storytelling como estratégia de marketing


Era uma vez...

Fala a verdade, quem é que não gosta de uma boa história? Quando bem contada, ela ajuda a educar, a alertar e, claro, a influenciar quem a ouve. Agora, imagina o que uma boa narrativa pode fazer quando utilizada como estratégia de marketing!

Sim, porque as histórias não só transmitem uma informação, como ajudam a conectar emoções. E quando essa conexão acontece, a marca conquista exatamente o que buscava: atenção do cliente, mudança de comportamento, engajamento e o desejo de compartilhar. Para esse método, que cria uma narrativa por meio de palavras ou recursos audiovisuais, damos o nome de storytelling.

Menos invasivo do que a publicidade tradicional, o storytelling busca estreitar a relação da marca com o seu consumidor final. E, pensa só: as pessoas já não têm mais tempo para consumir muito conteúdo na internet, por isso, a sua marca tem poucos minutos para prender esse lead.

É nesse contexto que a arte de contar histórias se destaca, pois ela atrai a atenção do leitor.

Mas, não pense que qualquer história vale. Para que esse método atinja os resultados esperados, é importante que a empresa conheça bem a sua persona para que a mensagem seja a mais assertiva possível. A narrativa precisa ainda ter começo, meio e fim – passando por pelo menos um clímax –, além de responder ao quem, quando, onde e por que. As pessoas costumam absorver melhor a informação quando ela está envolvida nesse tipo de estrutura.

COMO DAR FORMA AO STORYTELLING?

Antes de começar a contar uma história, é importante que a sua marca esteja envolvida nesta narrativa. E, ainda que os personagens sejam fictícios e a criatividade seja fundamental, você precisa entregar aquilo que prometeu.

Não existe uma fórmula universal, mas as histórias podem ser contadas por meio de:

- Um artigo narrado;

- Um vídeo;

- Um infográfico bem direcionado;

- Uma história em quadrinhos;

- Ou todos juntos.

Para que a sua história seja interessante, é preciso utilizar palavras adequadas, ter um enredo inteligente, contar com personagens que representem as dores reais dos seus clientes e elementos de suporte visual, como imagens ou vídeos.

Dessa maneira, a sua marca conseguirá apresentar o produto de forma sutil, aproximando o lead e estreitando a relação com ele. Isso gerará o engajamento para estimular as vendas de forma indireta e mais emocional.

E não se esqueça: as histórias nos ajudam a lembrar melhor das coisas. As informações que aparecerão ao longo da narrativa fixam na memória devido ao cenário criado ao redor da informação. O cérebro consegue criar um ambiente para tudo aquilo que é narrado.

Confira esses dois exemplos de como o storytelling pode ser uma ótima estratégia para falar com seu público:

Todo mundo tem uma história para contar. Vamos contar a sua?

Entre em contato com a Mídia.Crawl para que possamos deixá-la ainda mais interessante.

#storytelling #estratégiademarketing #marketingdigital

Mídia.Crawl Comunicação Integrada

Rua XV de Novembro, 1112 - Sala 2  | INDAIATUBA - SP 

(19) 4042.0897 (whatsapp) | contato@midiacrawl.com

  • Facebook
  • Instagram