9 dicas para perder a vergonha de gravar vídeos e vender no Instagram


Foto: freepik

Não dá pra negar que as redes sociais se transformaram em uma verdadeira vitrine de negócios. Mas além de expor no feed seus produtos ou serviços, é importante mostrar a cara. Isso porque essa é uma forma de engajar seu público e também de humanizar a marca.


O problema é que nem todo mundo tem coragem de aparecer e o medo da câmera pode ser um grande entrave nas vendas. Sabendo disso, vamos listar várias dicas para as pessoas perderem a vergonha e começarem a utilizar dessa ferramenta como aliada.


Aliás, como a palavra de ordem nesse momento é “reinventar”, essa pode ser uma ótima oportunidade de colocar isso em prática.


É possível ganhar dinheiro com negócio online sem usar todos os recursos audiovisuais disponíveis, mas você estará perdendo uma grande fatia de mercado. E agora não é hora de abrir mão de potenciais clientes.


Se você tem medo ou vergonha de gravar vídeos, essas 9 dicas são para você!


1. Fale sobre o que você tem conhecimento

Praticamente tudo na vida deslancha com prática e o mesmo acontecerá com a produção de vídeos. Assim que você pegar o jeito e se tornar autoconfiante, as gravações se tornarão algo natural.


Mas para chegar lá, é preciso começar. E a melhor forma de fazer isso é com um assunto que você domine, que tenha 100% de conhecimento, que não soe como a projeção de um negócio, mas como uma conversa entre amigos. Afinal, as pessoas gostam de se sentir próximas de quem está diante das câmeras.


A nossa sugestão, portanto, é você começar contando um pouco da sua história, sobre como começou seu negócio, quais foram suas motivações, etc. Falar sobre algo que domina trará mais tranquilidade.


2. Faça um roteiro

Criar uma sequência ou uma estrutura do que pretende apresentar no vídeo é fundamental para que o nervosismo não o acometa durante a gravação. É natural que surja o famoso “branco” ou a linha de pensamento saia do controle ao fazer um vídeo e, quando isso ocorre, as pessoas tendem a perdem a confiança.


No entanto, se a estrutura for pensada previamente, fica mais fácil ter controle do que irá abordar na sequência. Seguem algumas sugestões do que colocar no roteiro e que são gatilhos para prender a atenção dos espectadores:


  • Apresentação rápida sobre você, sua marca e seu canal.

  • Chamada para assistirem até o final, falando sobre o que irão encontrar ali e pedindo para seguirem suas redes sociais. Atenção: não deixe isso apenas para o final.

  • Apresentação do tema.

  • Criação de tópicos, preferencialmente no modelo lista e com números. Exemplo: dica número 1, dica número 2, e assim por diante.

  • No final, faça uma nova chamada para a ação, seja se inscrever no canal, seguir as redes sociais ou comprar um produto.

  • Se possível, antecipe o tema – sem entregar muito do conteúdo – do próximo vídeo.


3. Treine na frente do espelho

Gravar um vídeo é uma experiência que se aprimora com o tempo. E se até mesmo atores experientes passam o texto antes de entrar no palco ou se expor frente às câmeras, por que você também não deve ensaiar?


Se você for um pouco mais desinibido e tiver alguém em casa que possa ajudar, ensaie com essa pessoa. Será excelente inclusive para que tenha um feedback.


Mas o espelho é um grande aliado para ler em voz alta o roteiro do seu vídeo. Através dele você pode observar suas próprias expressões e alterar o que for necessário antes da gravação.


Quanto mais familiarizado estiver com o texto, mais natural irá parecer.


4. Imagine que tenha alguém com você

Uma ótima dica para que a gravação soe como uma conversa é você imaginar que, de fato, está dialogando com um amigo. Tente imaginar que a câmera é alguém de sua confiança e seja você mesmo.


Essa atitude vai diminuir aquela sensação estranha de que você está falando para o nada ou que está inventando um personagem para si mesmo – o que não seria adequado.


5. Se for preciso, refaça

Mesmo que você crie um roteiro perfeito, se prepare, treine bastante e fale sobre algo que domina, é normal cometer alguns erros. Mas lembre-se que os stories não precisam ser ao vivo e você pode refazê-los quantas vezes for preciso.


Não gostou do que viu? Ok, faça de novo! Se perdeu na linha de raciocínio? Respire e recomece de onde parou.


Mas vale a pena considerar que ninguém gosta de assistir a robôs, pessoas que parecem perfeitas e que jamais erram ou tropeçam. Então alguns deslizes são naturais. Se for preciso, refaça, mas não seja tão rígido consigo mesmo. O ótimo pode ser inimigo do bom.


6. Não se preocupe com super produções

Aprender a fazer cortes, aproximar e sobrepor textos aos vídeos é um grande diferencial. As edições são importantes, mas não têm nada a ver com superproduções. Você não precisa de um cenário excelente, nem uma roupa de festa ou maquiagem que não faz parte do seu dia a dia.


Vista uma roupa confortável, que você se sinta bem e que pareça natural e escolha um lugar bonito. Principalmente nos stories, a espontaneidade e a “vida como ela é” são diferenciais para aproximar você do seu lead.


7. As “piadinhas” virão. E daí?

Prepare-se porque as “piadinhas” irão surgir, principalmente de pessoas que consideramos bastante: nossos amigos e familiares. Mas não se intimide com isso. Se o comentário for pertinente e passível de melhorias, leve isso como um aprendizado para o próximo vídeo.


Agora, se perceber que há apenas julgamentos e críticas não construtivas, bola pra frente. Não é possível agradar a todos.


8. Encontre o seu diferencial

Analisar possíveis concorrentes é importante para entender como o mercado está agindo, mas tome cuidado para não adotar o mesmo direcionamento. Pare para pensar no diferencial do seu produto ou serviço.


Uma boa dica é questionar seus clientes sobre o que eles querem consumir, sobre quais são suas principais dúvidas. Use os feedbacks a seu favor e crie algo exclusivo.


9. Desafie-se a gravar ao menos 3 stories por dia

Lembra quando falamos que quanto mais vídeos gravar, maior será a rapidez com que estará familiarizado com as câmeras? Pois é. Então faça um desafio a si mesmo e comece a gravar ao menos 3 stories por dia. Eles podem ser sobre um mesmo assunto, em um mesmo local e vir na sequência um do outro.


Pode apostar: (muito) em breve você perceberá que 3 stories não são suficientes para explorar tudo o que quer. E estará fazendo muito mais!


Gostou das dicas?


Então bora gravar vídeos para o Instagram e começar a vender seus produtos e serviços de maneira online. Marque a Mídia.Crawl nos seus stories que ficaremos felizes em saber que você perdeu o medo das câmeras e está se reinventando!


Mídia.Crawl Comunicação Integrada

Rua XV de Novembro, 1112 - Sala 2  | INDAIATUBA - SP 

(19) 4042.0897 (whatsapp) | contato@midiacrawl.com

  • Facebook
  • Instagram