Marketing de Conteúdo: o que é e porque você deve adotar essa estratégia


Nutrir o público com informações é uma forma de se aproximar sem “forçar a barra”

Se você nos acompanha já deve ter percebido que não estamos preocupadas em vender um pacote de serviços. Pelo contrário: nossa prioridade é trazer soluções a você leitor, sejam elas executadas pela nossa agência ou não. Daí que muita gente deve se perguntar porquê estamos sempre dispostas a dar dicas para melhorar a sua estratégia de marketing se não “ganhamos nada” - leia-se: dinheiro - com isso.

Hoje, vamos explicar porque fazemos isso - e porque você também deveria adotar essa postura.

Quando optamos por informar e educar nosso público, estamos trabalhando com a estratégia do Marketing de Conteúdo, ou seja, produzimos conteúdos com o objetivo de atrair nosso público-alvo de forma natural e espontânea, através da construção de um relacionamento de confiança e autoridade no assunto.

Você deve saber — com base nos outros relacionamentos da sua vida — o quão difícil é essa tarefa. Portanto, assim como não se constrói uma amizade do dia pra noite, também não é de uma hora para a outra que o Marketing de Conteúdo começa a dar resultados. O mais importante é que quando ele começa a funcionar, os resultados também não desaparecem da noite para o dia.

Além de estreitar o relacionamento com o público-alvo, a estratégia traz outros benefícios que merecem destaque: aumento da visibilidade da marca na internet através dos sites de buscas graças às técnicas SEO aplicadas ao conteúdo produzido; e a publicidade espontânea gerada por meio de assuntos compartilhados em redes sociais, por exemplo.

Se você está pronto para adotar essa estratégia, trazemos a seguir os principais passos desta jornada.

1. Planejamento

Você precisa ser considerado um expert em algum assunto para que a estratégia funcione. Pense no que escrever para alcançar o seu objetivo e tenha em mente que o marketing de conteúdo não é sobre o que sua empresa faz, mas sobre o que seus clientes precisam. Por isso, para definir as pautas, pense em formas de resolver os problemas do seu cliente

2. Execução

Quando falamos em produção de conteúdo, você logo pensa em “texto”? Abra sua mente. Embora as palavras escritas ainda sejam ótimas ferramentas para se comunicar, existem diversos formatos de conteúdo dispostos a converter o público em lead — e o melhor: com baixo custo. Conheça os principais deles:

E-book

Se optar por trabalhar com a escrita, os e-books são alternativas para conteúdos mais longos que poderiam ficar extensos demais para um post de blog. Ademais, eles transmitem uma imagem de autoridade no assunto, passando confiabilidade para seu público-alvo.

Webinars

Ótima opção para quem quer investir no formato audiovisual, você pode oferecê-lo tanto ao vivo quanto gravado. Versões ao vivo tem como benefício uma maior proximidade com os interessados, já que você pode responder às perguntas na hora.

Ferramentas e templates

Disponibilizar ferramentas ou templates — modelos de planilhas, apresentações, listas e outros materiais prontos para o uso — que facilitem o trabalho do seu público-alvo economiza palavras, mas não os resultados: elas têm um bom potencial de geração de leads, pois geram bastante engajamento.

Infográficos

União de informações nos formatos visual e escrito, com gráficos e dados destacados para facilitar o entendimento de uma mensagem e da leitura.

Vídeos

Há dois anos eles já representavam 50% de todo o tráfego mobile da internet. Pesquisas mostram que ter um vídeo em uma página de produto aumenta em até 85% a intenção de compra por reforçar a confiabilidade do produto para o cliente.

Lembre-se que o conteúdo deve ser produzido com um objetivo em mente: a conversão em vendas. Portanto, por mais espontâneo que ele seja, deve também oferecer chamadas e formas de levar o visitante a realizar essa conversão.

3. Divulgação

Com as metas definidas, pautas e conteúdo finalizado, chega a segunda etapa: como divulgar o conteúdo de maneira eficiente. Para isso, não economize. Esteja nos diferentes lugares onde o seu público estiver.

A principal estratégia para gerar leads é a criação de landing pages para distribuição de conteúdo em troca de algumas informações de contato dos potenciais clientes, como nome, email, telefone etc. Como já abordamos em outros artigos, as redes sociais também executam bem essa função. Um vez conquistados os leads, você deve nutrir o relacionamento e para isso utilizar ferramentas como o blog ou até mesmo o e-mail marketing.

Por fim, tenha em mente que o seu propósito somente será atingido se você tiver uma produção de conteúdo regular. Por isso, tenha alguém para garantir que o calendário de conteúdos e os objetivos estão sendo seguidos — pode ser uma agência terceirizada ou um setor de marketing dentro da sua própria empresa.

#marketingdigital #marketingdeconteúdo #planejamento #infográfico #webinar

Mídia.Crawl Comunicação Integrada

Rua XV de Novembro, 1112 - Sala 2  | INDAIATUBA - SP 

(19) 4042.0897 (whatsapp) | contato@midiacrawl.com

  • Facebook
  • Instagram