Vem conhecer a rede social do momento: TikTok

07/11/2019

 

A comunicação está em constante modificação e não é preciso ir muito longe para atestar isso. Há pouco menos de 20 anos, a Wikipedia substituía as Barsas, aqueles livros grossos e de capa dura que preenchiam as estantes dos brasileiros para ajudar em pesquisas escolares.


Logo depois, o Youtube surgiu com a possibilidade de difundir conteúdo que aliasse imagens e sons. Ao contrário da televisão, porém, sua principal inovação foi permitir que qualquer pessoa passasse a distribuir seus próprios vídeos ao público desejado.


Na sequência, vieram outras redes sociais com a proposta de conectar pessoas e compartilhar informações de caráter pessoal ou profissional. Tudo isso nos levou ao cenário atual, no qual as pessoas gastam mais tempo nas redes sociais do que na frente da televisão ou ouvindo rádio.


É inegável, portanto, a evolução da comunicação e, mais ainda, das redes sociais. Somente nos últimos 15 anos, algumas delas deixaram de existir – como o ICQ e o Orkut –, outras tiveram seu pouco tempo de fama, como o Snapchat, e há aquelas que continuam em alta: Youtube, Facebook, WhatsApp, LinkedIn, Instagram e Twitter.


Mas engana-se quem pensa que paramos por aí. A rede social do momento se chama TikTok e, apesar de ter se expandido para o mundo em 2017 e superar o Instagram em número de instalações, ainda é novidade para muitas pessoas. Mas hoje vamos apresentá-lo melhor a vocês!


Origem chinesa
O TikTok foi lançado na China em 2016 com o nome de Douyin e logo se tornou uma das redes sociais mais populares no país asiático. Para a expansão no resto do mundo, a partir de 2017, os filtros exigidos pela censura governamental chinesa foram retirados e o app foi nomeado como TikTok.


A rede social vem batendo recordes de downloads em todo o mundo, tendo superado o Instagram e chegando próximo ao Facebook. Mas qual é a proposta?


A plataforma permite a criação de vídeos curtos, com duração entre 15 e 60 segundos, com manipulação de áudio, movimento e filtros divertidos. Fácil de mexer, acessível e bastante interativo, o aplicativo virou febre entre o público jovem, que tem apostado em clipes de dublagens de músicas, danças e até textos. 


A possibilidade de gravar e compartilhar vídeos de humor se tornou uma concorrência direta para o Instagram Stories, Facebook Stories e SnapChat. Veja alguns diferenciais do TikTok. 


Altamente testado
Geralmente quando uma nova plataforma chega ao alcance da população, problemas com políticas de privacidade, uso de dados e bugs são recorrentes. No caso do TikTok, por já estar em amplo funcionamento na China e outros países do mundo, as falhas ocorrem em menor escala.


Público e engajamento
Exatamente por já estar funcionando há mais de três anos na China, a segmentação de conteúdos e público do TikTok também já está bem definida. A maioria dos vídeos tem o tom de humor e o público é formado principalmente por adolescentes. 


Quem quiser usar a rede social para fins comerciais deve focar – ao menos a princípio – no público com idade entre 16 e 24 anos. E a dica é: use para fins comerciais! Isso porque, pelo próprio formato da rede, que favorece a interação com os vídeos, o TikTok tem índices de engajamento mais altos que as outras mídias sociais.


Virais ao alcance do seu celular
Toda marca espera uma peça viral pra virar trending topics, né? Mas uma dificuldade para atingir esse objetivo são os custos envolvidos na produção de um viral, seja de trabalho, recursos ou ferramentas. 


Com o TikTok, tudo fica bem mais fácil, porque todos os recursos necessários para produção de um vídeo viral estão ao alcance do usuário e completamente fáceis de usar e interagir.


O TikTok está disponível para Android e iOS e pode ser baixado na loja oficial de apps das plataformas. O cadastro para produção dos próprios vídeos pode ser feito com e-mail, número de telefone, conta do Google, Twitter ou Facebook.


Com o número de cadastrados que tem hoje, o TikTok já merece a atenção das empresas que trabalham com o público adolescente e jovem. Afinal, há dois cenários possíveis: ou a rede vai bombar de vez ou outras mídias irão fazer versões do recurso. E ficar de fora nunca é uma opção.
 

Share on Facebook
Please reload

Please reload

Recentes
Please reload

Tags

Mídia.Crawl Comunicação Integrada

Rua XV de Novembro, 1112 - Sala 2 | INDAIATUBA - SP | (19) 4042.0897 (whatsapp) | contato@midiacrawl.com

  • Facebook
  • Instagram